Journal Information
Vol. 25. Issue S1.
12° Congresso Paulista de Infectologia
(January 2021)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 25. Issue S1.
12° Congresso Paulista de Infectologia
(January 2021)
EP‐067
Open Access
IMPACTO DE INTERVENÇÃO COLABORATIVA PARA CONTROLE DA DISSEMINAÇÃO DE COVID‐19 EM UNIDADES DE INTERNAÇÃO
Visits
...
Thaysa Sobral Antonelli, Wanderson Eduardo Coelho, Dayana Souza Fram, Daniela Vieira Escudero, Luciana de Oliveira Matias, Diogo Boldim Ferreira
Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), São Paulo, SP, Brasil
Article information
Full Text

Introdução: A COVID‐19 é uma doença causada pelo SARS‐CoV‐2. Em março de 2020 foi decretado estado de pandemia pela Organização Mundial da Saúde. Foram iniciadas medidas de prevenção e controle na comunidade e em serviços de saúde para contenção da transmissão. Entre elas: higienização das mãos, o uso de equipamentos de proteção individual, limpeza do ambiente e etiqueta respiratória.

Objetivo: Avaliar o impacto das intervenções implementadas após identificação de surto de coronavírus nas unidades de internação a fim de evitar a disseminação do vírus.

Metodologia: Nos meses de abril e maio de 2020 foi identificada transmissão intra‐hospitalar de SARS‐CoV‐2 entre pacientes em um hospital terciário de ensino no Brasil. Os surtos ocorreram nas unidades de Ortopedia e Gastroenterologia. Em cada unidade foi observado três casos de transmissão intra‐hospitalar, totalizando seis casos diagnosticados por RT‐ PCR. Foi desenhada uma linha do tempo para verificar a cronologia de cada um dos eventos. Então, foi observado que os pacientes permaneceram internados em um mesmo quarto em algum momento.

Resultados: Foram realizadas intervenções com estratégias diferentes nas unidades. Na Enfermaria da Gastroenterologia foi feita reunião multiprofissional para apresentar os casos, a reunião resultou em um documento técnico de propostas de medidas de controle gerais e específicas. Na Enfermaria de Ortopedia foi realizada visita técnica multiprofissional para identificação de não conformidades que poderiam ter contribuído para o surto, gerando um relatório de orientações. Ambas unidades foram mantidas em vigilância após as intervenções. Até o momento não ocorreram novos casos de transmissão do SARS‐CoV‐2 intra‐hospitalar nesses setores.

Discussão/Conclusão: Medidas de prevenção e controle quando planejadas e executadas em parceria entre as equipes assistenciais e serviço de controle de infecção hospitalar impactam em resultados significativos no controle de eventos adversos e segurança dos pacientes.

The Brazilian Journal of Infectious Diseases

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools