Journal Information
Vol. 26. Issue S1.
(January 2022)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 26. Issue S1.
(January 2022)
EP 143
Full text access
ABSCESSO CEREBRAL POR NOCARDIA BEIJINGENSIS EM PACIENTE SEM IMUNOSSUPRESSÃO: RELATO DE CASO
Visits
1211
Dayanne Ramos Bento, Eveline Fernandes Nascimento Vale, José Carlos Lemes Junior, Marcos Felipe de Carvalho Leite, Nathalia Ramos Bento
Hospital de Base do Distrito Federal (HB), Brasília, DF, Brasil
This item has received
Article information
Special issue
This article is part of special issue:
Vol. 26. Issue S1
More info
Introdução

A Nocardia beijingensis é um bacilo aeróbico gram-positivo, podendo causar doença em pacientes imunocomprometidos. A nocardiose em imunocompetentes é uma condição mais rara. A infecção ocorre por inalação ou inoculação direta e pode acometer pulmão, pele e disseminar, porém os abscessos cerebrais representam menos de 2% dos casos, com alta morbimortalidade.

Relato de caso

R.N.S.S., 63 anos, sexo masculino, sem patologias prévias, apresentou convulsão tônico clônica generalizada e hemiparesia à esquerda, realizando tomografia computadorizada de crânio que demonstrou lesão expansiva em região frontoparietal à direita sugestiva de neoplasia. Foi realizada abordagem neurocirúrgica com visualização de abscesso que foi drenado e houve crescimento de Nocardia beijingensis na cultura da secreção. Investigou-se imunossupressão, mas sem achados positivos. Realizou tratamento com meropenem e linezolida, com boa evolução clínica e radiológica. Entretanto, evoluiu com infecção por Sars-Cov 2 e foi à óbito por complicações da Covid-19.

Considerações

Abscesso cerebral por Nocardia é uma condição rara, especialmente em pacientes não imunocomprometidos. São necessários a drenagem da coleção e o tratamento com antimicrobiano, que seja sensível, para o sucesso terapêutico.

Full text is only aviable in PDF
The Brazilian Journal of Infectious Diseases
Article options
Tools