Journal Information
Vol. 26. Issue S1.
(January 2022)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 26. Issue S1.
(January 2022)
PI 190
Full text access
IDENTIFICAÇÃO DE CUTIBACTERIUM ACNES EM AMOSTRAS DE TECIDOS PROFUNDOS DE CIRURGIAS LIMPAS PRIMÁRIAS DE OMBRO
Visits
1182
Mariana Neri Lucas Kurihara, Ingrid Nayara Marcelino Santos, Stefânia Bazanelli Prebianchi, Luiz Henrique Gallego Conte, Guilherme Vieira Gonçalves, Luciana Andrade Silva, Guilherme Do Val Sella, Caio Santos Checchia, Alberto Naoki Miyazaki, Mauro José Salles
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, SP, Brasil
This item has received
Article information
Special issue
This article is part of special issue:
Vol. 26. Issue S1
More info
Introdução/Objetivo

O Cutibacterium acnes é um importante patógeno Gram-positivo anaeróbio aerotolerante, subestimado como agente causador de infecções. Este trabalho propõe a avaliação da identificação de Cutibacterium acnes em amostras do tecido profundo de cirurgias limpas primárias de ombro. Além disso, propomos a identificação por método molecular e a investigação do papel do meio tioglicolato e TSB na taxa de recuperação de C. acnes.

Métodos

As amostras de cirurgias primária limpas de ombro de 84 pacientes foram coletadas no intraoperatório, três amostras de tecido ósseo, tendão e bursa, e alocadas randomicamente em meio tioglicolato e caldo de soja Trypticase (Tryptic Soy Broth - TSB). As amostras no frasco de tioglicolato foram colocadas na jarra de anaerobiose e as amostras com TSB foram incubadas em aerobiose, ambas a 37oC por 14 dias. Após a turvação do meio, 10 μl foram inoculados em placas de Ágar sangue e incubadas na jarra de anaerobiose. Os microrganismos foram identificados por ionização e dessorção a laser assistida por matriz - tempo de vôo (MALDI-TOF MS) (Bruker Daltonics, Germany) e confirmada por reação da cadeia polimerase (PCR) com a amplificação do gene PArA-1. PCR para verificar a resistência a macrolídeos, lincosamidas e estreptograminas B (MLSB) com o gene erm(X) foi realizado.

Resultados

Entre os 84 pacientes incluídos no estudo, 23 apresentaram amostras positivas para pelo menos uma amostra de C. acnes, sendo a sua maioria do sexo masculino 78% (n = 18/23) (p = 0.005). A idade média desses pacientes é de 45 anos com desvio padrão de ±16 anos. Das 70 amostras coletadas destes pacientes, foram distribuídos entre os sítios de osso e bursa 34% (n = 24/70) e tendão em 32% (n = 22/70). Destas, 59% (n = 41/70) positivaram para o crescimento de bactérias. A recuperação de C. acnes em somente uma amostra de tecido ocorreu em 48% (n = 11/23) por paciente, 26% (n = 6/23) em duas amostras e 26% (n = 6/23) para as 3 amostras. 57% (n = 13/23) dos pacientes tiveram amostras positivas para C. acnes em amostras monomicrobianas, e, 43% (n = 10/23) para amostras polimicrobianas. A presença do gene PArA-1 foi confirmada em todas as 30 amostras do estudo. A presença do gene erm(X) não foi observada em nenhuma das amostras.

Conclusão

Este trabalho destaca uma maior frequência de isolamento de C. acnes em amostras de tecidos profundos aparentemente estéreis de pacientes sem sinais e sintomas de infecções do sítio cirúrgico.

Full text is only aviable in PDF
The Brazilian Journal of Infectious Diseases
Article options
Tools